terça-feira, 31 de agosto de 2010

Edital de Ideias Criativas para 20 de Novembro


Já estão abertas as inscrições para o Edital de Ideias Criativas para 20 de Novembro - Dia Nacional da Consciência Negra. Com recursos de R$ 500 mil, o edital, promovido pela Fundação Cultural Palmares, chega à segunda edição conclamando, mais uma vez, a comunidade afro-brasileira a celebrar o Dia da Consciência Negra de maneira... criativa! As inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 16 de setembro e deverão ser enviadas somente por meio dos Correios.
O Ideias Criativas premiará um total de 15 projetos em todas as regiões do País. O objetivo é apoiar ações inovadoras, que valorizem ainda mais a cultura afro-brasileira. "A concepção de que o 20 de novembro é o dia de fazer a diferença vem se consagrando no meio cultural afro-brasileiro. O exemplo vem de nossos ancestrais africanos aportados no Brasil, que, por mais de três séculos, elaboraram formas criativas para resistir à desumana escravidão e manter suas tradições", explica Elísio Lopes, diretor da Palmares.

Estão aptos a concorrer ao edital produtores, professores, agentes culturais que trabalham com a cultura afro-brasileira e entidades privadas sem fins lucrativos, de natureza cultural ou não, com experiência comprovada em ações culturais afro-brasileiras e que preencham todos os requisitos exigidos. Os projetos podem ser elaborados como intervenção urbana, atividade sócio-educativa, seminário, palestra, evento cultural, cultura popular, debate ou qualquer outra forma de expressão, contanto que a idéia seja inovadora.

Para cada região brasileira serão selecionados dois projetos na categoria Individual, que receberão até R$ 20 mil, cada; e um na categoria Entidade, com um prêmio de até R$ 60 mil. O Edital de Ideias Criativas busca estimular novas formas de celebrar o 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra), apoiando projetos desenvolvidos a partir de uma concepção inovadora, que comporte criatividade e excelência artística, alinhamento de conteúdo à questão afro-brasileira, e, claro, qualidade técnica.

Dúvidas e informações referentes a este edital poderão ser esclarecidas e/ou obtidas na Fundação Cultural Palmares, por meio do endereço eletrônico: edital20denovembro@palmares.gov.br.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Convite lançamento livro : " A universidade e a formação para o Ensino de História e Cultura Africana e Indígena"


Nossa fonte: CONE-SMPP

por Juliana Balduino
Coletivo Cultural Esperança Garcia

Curso Gratuito - Adolescendo com os filhos‏


Nossa fonte: Juliana Queiroz - Movimento Negro

por Juliana Balduino
Coletivo Cultural Esperança Garcia

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Vamo chegar!!!!

Agenda das parceiras:
Capulanas Cia de Arte Negra

Dia 22 - 19h.- Projeto CICAS - Av. do Poeta –nº 740, Jd. Julieta, Zona Norte.

Dia 29 - 19h. - Comunidade Cultural Quilombaque - Travessa Cambaratiba, 05, Beco da Cultura ao lado da estação de trem Perus. Zona Noroeste.
 
E mais Parceiros...
Cine no Escadão - Coletivo Cultrural Poesia na Brasa e Comunidade Cultural Quilombaque apresentam:  
 Falcão - Meninos do Tráfico
O escadão da Rua do Farol, localizado na altura do número 500, vai receber mais uma vez uma exibição de cinema, neste sábado (14/08), a partir das 19h. Desta vez, a comunidade da Brasilândia confere o documentário "Falcão: Meninos do Tráfico", de MV Bill e Celso Athayde, que retrata o cotidiano de jovens moradores de favelas brasileiras envolvidos no tráfico de drogas.
 
E mais,  muito mais......  
No CICAS
Festa dos Coletivos Especial - 15/08 a partir das 10h30.

O CICAS orgulhosamente Convida e convoca a todos os Coletivos Culturais para participarem e confraternizarem neste Domingo próximo dia 15 de agosto.
Onde realizaremos uma Big Festa para Comemorarmos as Ultimas Conquistas através da Nossa Resistência CONSOLIDADA na União de vários Coletivos Culturais!
ESTAMOS JUNTOS! CONTINUAREMOS JUNTOS!

UNIDOS PELA PAZ, munidos de ARTE E CULTURA - VENHAM!!!!
A Concentração é a partir das 10h30 em frente Ao CICAS
as 11h Sairemos em Cortejo pela Comunidade até chegarmos ao Teatro na Praça,
com performances do Nucleo Pavanelli apresentando o Basico do Circo, e presença mais que Especial dos palhaços ReciCLOWS!
O almoço acontece logo após as intervenções!!! é gratuito!
TRAGAM FRUTAS VARIADAS PARA COMPARTILHARMOS UMA MESA ESPECIAL!!!
Após  o Almoço teremos ainda Intervenções Poéticas com vários escritores Convidados e também do Coletivo Poesia Maloquerista....
A partir das 15h, um grupo da Escola de Teatro Macunaima, apresenta o espetaculo "Muito Barulho por Nada" com direção de Barbosa Neto e Nubia Gennari...
E pra Encerrar a festa dos COletivos, nada melhor que uma Big Band, vinda da Zona Leste, Jardim Pantanal, firmando seu Primeiro contato com o CICAS....
NÃO FIQUE DE FORA!!!

FLIP - 2010

Olá ami@s, semana passada estive na FLIP (Parati- RJ) vendendo uns livros de forma bem informal e independente, de forma geral foi ótimo sair um pouco da selva de pedra e respirar novos ares, mas o intuito era manguear os livros que produzimos pelo Elo da Corrente e pela Brasa.


Eu voltei na verdade bem reflexiva e intrigada, infelizmente vi poucas mulheres na ativa por lá, a não ser nas artes cênicas, mas na literatura além de mim estava a Pilar e outra moça do Rio de Janeiro mangueando seus livros.

Depois de dois dias e meio tive experiências desastrosas que me fez refletir mais ainda o porquê não tinha tanta mulher presente. Na sexta - feira estava eu abordando as pessoas, divulgando os trabalhos e recebi duas propostas de gringos para fazer programa, a minha primeira reação foi a de me sentar num canto e ficar pensando (muito revoltada é lógico), enquanto os companheiros que foram comigo na viagem tentavam me reanimar. O que aconteceu comigo é natural para muitas pessoas, onde já se viu uma mulher negra, vendendo livros? Ninguém quer saber se escrevemos, nem nada, o certo é entrar na lógica do sistema. A nossa defesa acaba sendo não ficar sozinha se não a qualquer momento podemos sofrer assédio sexual e moral.

Estou dividindo isso pra podermos refletir cada vez mais o nosso papel como mulher nessa sociedade que só nos prostitui, sofremos esse tipo de assédio todos os dias, a culpa é do gringo que me assediou ou é do sistema que vende a imagem dos pais das mulatas da bunda grande?

Passamos também por uma cena lamentável, tinha um grupo de índios vendendo seus trabalhos na rua, logo mais veio à fiscalização apreendendo todo o trabalho artesanal deles, é uma impotência tão grande, pois no momento queria gritar, mas essa não seria a solução, o amigo Rodrigo Ciriaco fez um protesto com poesias, mas sabemos que o país é de todos menos de quem é daqui.

Depois de tudo isso a frase que ficou na minha cabeça é seguinte: "500 anos se passaram e continuamos invadidos!".

Axé!
Raquel Almeida



Eu numa intervenção poética


Pilar

 

Vagnão, eu, Ingrid e Rodrigo Ciríaco
Guardas roubando os indios


Sem dialogo
Michel Yakini

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Iemanja - Musica de Samanta Biotti



Olhei para o morro e sussurrei
Pedindo a benção de Iemanjá

Olhei para o morro e sussurrei
Pedindo a benção de Iemanjá


Peguei a bandeira branca
Cobri o céu estrelado
O povo já tá animado
É festa!


Batuque rolou solto
Pandeiro chamou o jogo
O canto do mar soprou
É ela


Iemanjá ô Iemanjá
Rainha das águas vem dançar
Fazei nossos filhos pra casa voltar
Doce ou salgada é a rainha do mar


Iemanjá ô Iemanjá
Rainha das águas vem dançar
Fazei nossos filhos pra casa voltar
Doce ou salgada é a rainha do mar


 

Raquel Almeida